Mural Comunicação

Tag Archives: Restaurante Sá; Trattoria Mediterrânea

Encontro de chefs: Por mares distantes

Este ano, o restaurante ganhou a assinatura complementar “Trattoria Mediterrânea”, grifando as novidades trazidas por Rudy Bovo, há poucos meses no Rio, vindo de Veneza. O chef chegou para ampliar o cardápio que segue tendo forte sabor marinho, mas que abre espaço para outras opções da cozinha italiana e mediterrânea.

Da esquerda à direita: Carlos Paredes, David Zisman, Rudy Bovo e Paulo Góes. (Foto: Filico)

Encontro de chefs: Carlos Paredes (Lima Restobar), David Zisman (Nam Thai), Rudy Bovo (Trattoria Mediterrânea) e Paulo Góes (Restaurante Sá). Foto: Filico

Rudy Bovo foi o anfitrião, em uma mesa pontuada por temperos de terras distantes entre si. Ele preparou um Ravioli de Peixe e Scampi com Legumes Cozidos e Açafrão (no mesmo prato estão dois raviólis de cores e recheios diferentes, em belo constraste!) e um Mil-folhas de Beringela, Robalo, Tomate e Grana Padano (a combinação de berinjela e peixe renova o consagrado preparo gratinado de vegetais em camadas).

Trattoria
Ravioli de Peixe e Scampi com Legumes Cozidos e Açafrão, do chef Rudy Bovo, do Trattoria Mediterânea. Foto: Filico
Carlos Paredes dedica-se a uma culinária temperada pelo Oceano Pacífico, Chef de cozinha do Lima Restobar, que vem servindo ao carioca a moderna mesa peruana, os pratos que prepara são marcados pelos fortes condimentos de seu país. O jovem profissional integra a equipe de Marco Espinoza (que em pouco mais de um ano trouxe para a cidade três diferentes restaurantes com inspiração no Peru), e não pôde deixar de servir o Cebiche Lima (peixe branco, cebola roxa, grãos de milho e batata-doce): uma tradição. O caráter inovador está presente no Pescado, Camarão e Mandioca, onde peixe e camarões cozidos em molhos fortes são complementados por um bolinho de mandioca, recheado de queijo Gruyère. Outro jovem à mesa foi Paulo Góes que no restaurante Sá (Hotel Miramar by Windsor) aposta no cardápio de autor. Apesar de jovem, ele vem trilhando um caminho sólido: primeiro ao lado da mãe, a chef Maria Victoria, e também em cozinhas consagradas como a do Mugaritz (três estrelas Michelin na Espanha), a de Alex Atala e a de Claude Troigros . O Robalo no Vapor de Alecrim, com Vinagrete de Pata Negra, acompanhado de Sauté de Palmito, Cogumelos e Espinafre traduz com delicadeza sua forma de atuar, rico em ingredientes, perfumes e texturas.
Sa 2

Robalo no Vapor de Alecrim, com Vinagrete de Pata Negra, do chef Paulo Góes, do restaurante Sá. Foto: Filico

Complementando a diversidade da reunião, David Zisman, um tradicional representante, nestas terras, da mesa tailandesa. Seu restaurante, o Nam Thai, está completando 10 anos e este médico – que depois de aposentado virou cozinheiro – é uma espécie de embaixador dos sabores da Tailândia. Formado no Kahsma School (EUA) e no restaurante-escola Blue Elephant (Tailândia), seu restaurante ostenta alguns títulos de qualidade conferidos pelo governo daquele país. Pois a mesa se tornou mais picante e perfumada com suas duas contribuições: Peixe com Curry de Tamarindo e Camarão com Gengibre.

Por Mariana Helena Steban
Revista Estação Zona Sul – Primavera 2014